Brownie Gostoso!

21 Março, 2015 § Comentários fechados em Brownie Gostoso!

Adivinha quem voltou?
Há mais de um ano sem enfiar um post, este teria de ser uma entrada a pés juntos.
Simples e gostoso, é uma rapidinha a sua confecção. 3 ingredientes. 1 Frasco de Nutela, 4 presentes da galinha e nozes das nogueiras Alentejanas.
Bates os 4 ovos até à exaustão, em modos de triplicar o seu volume. 6 minutos. Aquece no microondas um frasco de Nutela de 200 gramitas. 1 minuto tem avondo, mas vai mexendo de 15 em 15 segundos.
Mistura o negro cremoso, com o creme de ovos já batido. Envolve-os até obteres uma só cor, um só tom, uma só textura. Languido desliza o Salazar no interior da gamela. Aspergidas são as nozes que se afundam e misturam com o preparado. Desordenado cai o creme sobre o vegetal que é papel, e vai cobrindo o pirex que levas ao forno a 180 excelsos graus durante 25 minutos alegadamente.
Enquanto resistires ao corte és um forte, o meu conselho é que o deixes arrefecer para que consigas uns bonitos e rectangulares pecados. Bem sei que és fraco, corta-lhe  já as bordas, tira bom proveito delas e deixa o resto para depois.
Acompanhante de luxo: CRF (Carvalho, Ribeiro & Ferreira) – Reserva em balão aquecido.
1 Palavra: Céu

brownie1brownie3brownie2

Queijada de requeijão com gelato de frutos vermelhos

1 Janeiro, 2014 § Comentários fechados em Queijada de requeijão com gelato de frutos vermelhos

O Chef promulgou a entrada no ano novo com umas queijadas de requeijão com gelato de frutos vermelhos para te adoçar os grandes lábios.
Bates as claras em castelo de 4 ovos com uma pitada de flor de sal, as gemas sentem-se reservadas numa taça. Numa gamela de bordas generosas, desfaz um requeijão de Azeitão e adita-lhe 50 gramitas de margarina já derretida, 150g de açúcar e 200ml de natas que levas no pacote até à vasilha. Desfaz o preparado num ‘Darth Vader’ de cozinha até obteres uma massa homogénea. Junta agora 65 gramas de amêndoa sem casca triturada em pó, envolve bem. Adita as claras em castelo e fá-las fundir no fluido doce, solto e gostoso. Unta-me as formas com manteiga e polvilha-me a superfície com farinha. Verte o produto do teu esforço nas formas e leva-as à sauna a 180º C até ficarem coradinhas.

Para o gelato, congela em sacos para cubos de gelo, 700 ml de leite no dia anterior. No R2-D2 de cozinha adita 150 de açúcar em pó, 500gr de frutos vermelhos (frescos ou congelados), o leite sólido, um pacote de natas bem frio. Põe o robot a fazer o servicinho, até obteres uma mistura homogénea e sem grumos.

Faz desmaiar uma parcela do gelato de frutos vermelhos sobre o bolo ainda morno e com uma colher de sobremesa, aprecia em pequenas porções o resultado de um ‘leva-me-ao-céu’.
Acompanhante de luxo: cálice de Moscatel roxo Lobo Roxo (de Setúbal) fresco.

queijada-requeijãoqueijada-requeijão

Bolachadas de Gengibre com Limão

20 Dezembro, 2012 § Comentários fechados em Bolachadas de Gengibre com Limão

Ingredientes: 500g Farinha 2 colheres de chá de fermento para bolos 300g de açúcar moscavado 100g de margarina amolecida 2 colheres de chá de gengibre 1 colher de chá de canela Raspa da casca de 1 limão e 1 laranja 1 pidada de sal 2 ovos.

Bates-me a margarina com o açúcar, os ovos e o sal até obteres uma mistura homógenea. Junta a raspa do limão e o gengibre continuando sempre a bater, não pares, bate, bate… Incorpora a farinha peneirada com o fermento até que fique bem misturada e a massa olengona, se for necessário junta un petit peu mais de farinha de modo a que a massa fique moldável. Forma uma bola e deixa repousar uma hora no fresco do frigorífico. Estende-me a massa com o rolo em cima de uma bancada enfarinhada, até obteres uma espessura  de 3 mm aproximadamente. Recorta as bolachas com a forma que lhes quiseres dar. Leva à sauna a cozer a 200º C 15 a 20 minutos.

A todos um bom Nataaal, a todos um bom Nataal, desejo um bom Nataal para todos vós. (agora fiquem pr’ai com a música na cabelça ;)

Bacalhau à Braze

26 Julho, 2012 § 0 comentários

Grelhas a bela posta do bacalhau na Braze e torasforma-o em lascas sem pele e sem espinhas. Cortas uns tuberculos, semilhas ou batatas em palitos muito pequenos e finos. Aquece o óleo de girassol bem quente e frita-me os palitos, até que fiquem louros e estaladiços [Reserva]. Pica uma cebola bem picada e aloura-a em azeite virgem extra, adita agora as lascas do bacalhau e bronzear um pouco mais. Junta agora as batatas, evolve tudo muito bem apaga o lume e aventa com 2 ovos batidos la para dentro. Volta a mexer até que o bacalhau fique com as partes húmidas e o ovo ganhe um petit peu de consistência mas sem que seque em demasia. Rectifica o sal e pimenta e junta os coentros frescos picados. Acompanha com uma saladini de alface roxa, alface verde e rúcula selvagem. Acompanhante de luxo: Vale dos Barris Branco – uva moscatel – bem geladinho.

Fofa de Banana, Coco e laranja

22 Maio, 2012 § 0 comentários

Espanca o Macaco e suprime-lhe as bananas. Esgaça-lhes as peles e corta-as às rodelas, reserva metade para cobrires o topo do bolinho, o remanescente para envolver com a massa. Bate os 3 ovos com a chávena de açúcar até à exaustão, junta o sumo de uma laranja misturado com uma boa colherada de compota de laranja, raspa da casca da laranja e um iogurte de banana. Adita ao preparado 2 chávenas de farinha fina para bolos peneirada, 1 chávena de óleo de girassol, uma collher de chá de pó Royal, meia chávena de coco e a banana às rodelas que subjou. Unta a forma com manteiga, forra-a com papel vegetal e volta a untar o papel, borrifa-o de farinha e verte a massa lá para dentro. Cobre o topo da massa com as rodelas de banana. Siga para a sauna a 190º C cerca de 60 min. Com a cozedura, dá-se o desidrato da bananinha. Depois de te partir o bolo, aventa com açúcar  em pó e a folha de hortelã cortada muito fina para cima da fatia.

Ovos destrambelhados com farinheira e ananás marcado

9 Março, 2012 § 0 comentários

Numa antiesturro marcas o ananás do lado A e do Lado B  [reserva], aventa a farinheira de porco preto cortada em rodelas, Lado A e Lado B [reserva]. Limpa o fundo com rolo de cozinha arremessa um bocado de margarina vegetal lá para dentro. Tempera os branco é galinha o põe,  com sal grosso, pitada de pimenta, un petit peu de leite e mistura de queijos ralados, esgravulha sem que as claras se homogenizem totalmente com as gemas e siga para a antisturro, deixar cozinhar até se verificar uma consistência cremosa. Torra uma fatia de pão caseiro alentejano, e desenha com fio de azeite virgem extra. Por cima coloca os ovos. Acompanha com olho de alface e finas tiras de tomate seco. Acompanhante semi luxo: Olaria Tinto Carmim do pacote de 5L com torneirinha.

Açorda à Bela d’ Alentejana

29 Fevereiro, 2012 § 0 comentários

Cá em casa é assim!!! Quando não há pão faz-se Açorda. Num tarrinho de barro esmagas o belo sal grosso, o belo azeite virgem extra, os belos dentes de alho, umas belas tiras de pimento verde, uma bela gema de ovo, abundantes e belos coentros, uma manita de belos poejos frescos. Corta o belo pão caseiro alentejano de anteontem, em belas fatias pequenas mas moderadamente grossas. Cozes a bela posta do bacalhau. Cozido o bacalhau, tira-lhe umas belas lascas. Na água da cozedura, ainda a ferver junta uma esguinchadela de vinagre. É hora de escalfar os ovos. Retira os ovos e verte a água a ferver para dentro do tarrinho. Esgravulha o caldo com uma colher e aventa com as sopas de pão lá para dentro, as lascas do bacalhau e os ovos. Acompanhante de luxo: EA colheita seleccionada Tinto.

Brownie Escangalhado com Natinha gelada

15 Fevereiro, 2012 § 4 comentários

Derretes o Chocolate preto com 2 colheres de sopa de natas do dia; o mesmo peso de açúcar é bem misturado com 1 ovo, uma gema e a  mateiga de vaca na mesma medida (previamente derretida), esgravulha com vigor; por fim adiciona o mesmo peso de farinha fina peneirada, envolve tudo até obteres um creme homogéneo. Vai à sauna a 190ºC, num tabuleiro pouco fundo, não muito grande besuntado de manteiga e forrado a papel vegetal (por esta ordem); besunta agora o papel vegetal; podes neste momento verter o pecado castanho. Coloca então no forno e espera 7 minutos exactos. Escangalha com uma colher para dentro dos prato de servir, polvilha com açúcar baunilhado em pó e chama uma acompanhante de luxo: uma bola de gelado de  nata. Até te lambes !!!



 

Ovos destrambelhados com respiganço do Cozido de Domingo

6 Dezembro, 2011 § 0 comentários

Hoje é come [Restos]! Abres o frigo e retiras as carnes que subjaram do cozido de domingo da tua mãezinha! Desfia-me as carnes. Ignora o toucinho. Aventa com a linguiça para a frigideira anti-aderente e deixa fritar um pouco e reserva. Nos sucos murcha os cogumelos laminados, que por acaso também são [Restos] de uma embalagem que não se finou no risotto de pato. Junta-lhe as carnes desfiadas e a linguiça que reservaste. Bate 3 ovos a preceito com um pouco de sal, 5 pimentas (moinho) e um pouco de leite. Junta os ovos esgravulhando até que sequem mas não em demasia. Serve com o [Resto] de arroz cozinhado na água das couves do cozido, desta vez salteado na mesma frigideira onde fizeste os ovos. Este foi o momento Filipa vaconDeus do Chef. Acompanha com o [Resto] da garrafa de tinto que abriste  no cozido de domingo.

Docinho dji leîti

8 Novembro, 2011 § 0 comentários

Ora isto mete, ovos, açúcar, manteiga sem sal derretida, farinha peneirada, uma colher de chá de fermento, leite do dia meio gordo [com]Vigor, raspa de todo o limão. Tudo mexido à colher, de pau feita. Forma bem besuntada de manteiga, o papel vegetal cola-o à forma, papel vegetal besuntado de manteiga e peneirado de farinha sobre o qual cai o preparado. 25 minutos no forno. Vai espetando com um palito ficando seguro que o docinho não seca demais. Desenforma, polvilha de açúcar em pó e aventa-lhe um miolo de noz para cima. Até te lambes meu docinho… Feito para o pic-nic do 38 aniversário do amigo suninho.