Luliputianas al’coentros

15 Junho, 2016 § Comentários fechados em Luliputianas al’coentros

Pró jantar sirvo-te cornos [de lulinhas anãs], também podes papar os casúlos. Lava as lulas e retira-lhes a palheta, forra o fundo da certã antiaderente com azeite virgem extra, adita muitos dentes de alho (que já são roxos antes de os esmurrares), ao néctar da azeitona, junta as lulas, os talos dos coentros picados e a meio da cozedura o generoso bouquet. Junta agora um bom copo de um bom vinho branco, a saber: Monte dos Amigos.
Tempera de grosso sal e 5 pimentas moídas no momento. Tapa com a tampa e deixa borbulhar durante 5 minutos aproximadamente para ganhar cota de caldo. Retira a tampa e deixa apurar até que as lulas se apresentem tenras e lambuzadas de uma espessa, saborosa e reduzida molhanga. Torra o panito alentejano que vai acompanhar o petisco que é coadjuvado por umas batatas roxas cozidas com pele no vapor de água.
Acompanhante de luxo: Monte dos Amigos – Branco a 8ºC.
lulaslulas lulas

Lula Bronzeada avec da paprika

13 Março, 2012 § 0 comentários

Compra as lulas frescas, lava-as bem e arregaça-lhes as peles. Agora, limpas de entranhas, temperam-se com alho em pó, 5 pimentas moidas no momento e sumo de 1 lima. Aquece o azeite virgem extra numa anti esturro em comunhão com as cabeçinhas de alhos esmagadas com casca. Loiros os alhos, junta as lulas cortadas em generosos anéis escorridas de tempero. Retira o excesso de água criada pela fritura das lulas e junta um pouco mais de azeite, um pouco de gengibre ralado na hora, uma malagueta, quando estiverem no ponto ideal da fritura junta 2 colheres de chá de paprika [pimentão doce], e envolve tudo muito bem e deixa bronzear. Podes juntar os coentros picados grosseiramente e apaga o lume. A acompanhar, o tubérculo mais popular, cozido com pele [que retiras depois da cozedura], temperado de azeite virgem extra e oregãos secos. Acompanhante de luxo: Marquês de Borba branco, gelado.