Bruschetta de Bacalhau com Granada

22 Junho, 2012 § 0 comentários

Põe o bacalhau de molho e no dia seguinte, coze os lombos e priva-os de pelangas e espinhangas. Agora que já tiraste umas lascas, coloca-as numa gamela e fá-las repousar no [frederico], um pouco antes de montares a bruschetta. Põe um ovo a cozer em água fria, 8 minutos depois da ebulição apaga o fogo. Coze o grão [depois da demolha que foi feita em água e sal], o feijão verde e a cenoura com uma pitada de sal, reserva numa taça e leva ao  [frederico]. Bacalhau e legumes frescos podes te preparar para empratar. Torra uma fatia de pão alentejano e ainda quente aplica-lhe um esfregaço de alho, de seguida lubrifica abundantemente com azeite virgem extra, dispõe umas folhas de rúcula sobre as costas bronzeadas, na cama de rúcula os legumes, sobre os legumes as lascas do bacalhau e as rodelas de ovo cozido. Rega tudo com azeite virgem extra, 5 pimentas moídas no momento e com a garrafa de vinagre na mão utiliza a técnica do ‘dripping’ para dar o toque ácido  ao prato. Compõe com ervas frescas. Coentros e manjericão. Acompanhante de luxo: o Casal Garcia bem gelado.

Patê Stº. António e sua Stª. Sardinha

13 Junho, 2012 § 0 comentários

Em véspera de Stº António não podia fugir à sardinha, mas desta vez, esgravulhada em modo Patê. Compras uma lata de filetes de sardine sem espinhas mergulhados em azeite virgem e saca-lhe a tampa. Escorre o oiro líquido mas não na totalidade. Numa tigela esgravulha os filetes com a ajuda de um garfo aditando os seguintes: uma colher de chá de manteiga de vaca com sal, uma colher de chá de mostarda dijón, uma barra de delícias do mar picada em cubos muito pequenos e finos. Já sem roupa mas com cabeça, frita em azeite virgem extra, flor de sal, umas gotas de picante calvé, alhos esmagados com casca e sumo de meia lima, uns camarões moçambicanos. Bora empratar [mas primeiro], chucha os tomates, cortados em rodelas com 0,5 cm de espessura aproximadamente. Sobre os tomates, pimento verde picadinho, flor de sal, o patê de sardinha, cebolinho picado, os camarões laminados ainda quentes [não te esqueças de chupar as cabecinhas que não foram chamadas à receita], termina com a flor dos coentros espigados on top. Rega-me os tomates com fio de azeite virgem extra e papa o petisco acompanhado de umas fatias de pão caseiro alentejano torrado . Acompanhante de luxo: EA, branco bem geladinho.

Western Spaghetti

25 Maio, 2012 § 0 comentários

Courgette: Aí os tomates !!!!
Requeijão: Coalha-me o leitinho! Bang! Bang!

Cozes o esparguete garofalo em água abundante com sal. Numa anti aderente murcha-me os tomates cereja em azeite virgem extra, alho picado, uns cubos de chouriço de porco preto de Barrancos,  courgette cortada aos cubos, ervas de provence secas, um pouco de flor de sal e pimentas moídas no momento, envolve tudo com a colher de pau feito e deixa amolecer. Esparguete cozido, escorre a água fervente e de imediato adita um bom fio de azeite virgem extra, aromatizados de alho. Podes empratar: esparguete para o fundo da taça, a molhanga que preparaste por cima, corta o requeijão de Seia em bocados generosos e coloca no topo. Remata com ervas frescas: cebolinho, manjericão e coentros, tudo picado na hora. Acompanhante de luxo: Alento, Tinto.

Hamburguer Emigrante

9 Maio, 2012 § 2 comentários

Vais ao talho da tua freguesia e pede que te piquem o lombinho de porco. Tempera o lombinho picado com sal e  5 pimentas moídas no momento e molda os hamburguers. Aquece bem uma frigideira anti aderente com um fio de azeite e grelha bem as carnes [reserva], na mesma gamela grelha de um lado e do outro umas rodelas de chourição picante. Aquece o pão de mistura e monta o emigrante por esta ordem: chourição na base, as carnes grelhadas, umas tiras de queijo Gruyère Switzerland, folha de alface, maionese aromatizada de alho e coentros frescos picados no momento. Acompanhante de luxo: uma mini Super bock bem fresquinha.

Carnes Entaladas em Rolinho de massa folhada

8 Maio, 2012 § 0 comentários

Vais ao talho da tua aldeia e pedes que te piquem um belo bife da vazia e um lombinho de porco. Envolves as carnes num ménage e tempera-as com flor de sal e pimenta. Na 1 2 3, junta abóbora menina, mini gressinos integrais, coentros, fio de azeite virgem extra, sumo de meia lima. Vrchhhh…Vrchhhh…Vrchhhh. Junta o preparado às carnes macias e envolve-as muito bem.  Numa tábua estende a placa de massa folhada com a ajuda de um pouco de farinha eum rolo. Massa estendida, faz os rolos de carne e coloca-os sobre a borda da massa. Podes agora entalar as carnes. Enrola o charuto, para colar a mortalha usa gema de ovo, a mesma que vais untar os rolos. Após esta operação polvilha os rolinhos com sementes de sésamo e leva ao forno pré- aquecido a 200º C. Numa gamela anti aderente prepara uma bela molhanga de tomate. Murcha-me os tomates cherry em azeite virgem extra, alhos esmurrados, ervas de provence, flor de sal e um pouco de polpa de tomate. Molho apurado junta coentros e manjericão frescos picados. Tira os rolos do forno e corta-os na diagonal. Deglutir sem usar talheres. Podes acompanhar com uns triângulos de milho picante old el paso.  Acompanhante de luxo: Vale dos Barris Syrah.

Panquecas de Tubérculo

23 Abril, 2012 § 0 comentários

Descascas as batatas e esfregaço com elas no ralador de queijo até obteres um monte de batata desfeita. Agarra nessa papa, coloca num coador e espreme-a até perder toda a água. à batata já desfeita e desidratada, junta um pouco de farinha, cenoura ralada, uns espinafres escaldados, malagueta vermelha cortada muito fina umas vagens de coentros e umas sementes de sésamo. Aquece bem uma frigideira anti aderente besuntada de azeite virgem extra e siga com o preparado lá para dentro. Dá-lhe forma com uma espátula e deicha bronzear dos dois lados. Prepara o molho para acompanhar a panqueca com 2 colheres de molho de soja, uma colher de vinagre de arroz, meia colher de sementes de sésamo e meia colher de piri-piri em pó. Acompanhante de luxo: Super bock Abadia, bem fresquinha.

Lula Bronzeada avec da paprika

13 Março, 2012 § 0 comentários

Compra as lulas frescas, lava-as bem e arregaça-lhes as peles. Agora, limpas de entranhas, temperam-se com alho em pó, 5 pimentas moidas no momento e sumo de 1 lima. Aquece o azeite virgem extra numa anti esturro em comunhão com as cabeçinhas de alhos esmagadas com casca. Loiros os alhos, junta as lulas cortadas em generosos anéis escorridas de tempero. Retira o excesso de água criada pela fritura das lulas e junta um pouco mais de azeite, um pouco de gengibre ralado na hora, uma malagueta, quando estiverem no ponto ideal da fritura junta 2 colheres de chá de paprika [pimentão doce], e envolve tudo muito bem e deixa bronzear. Podes juntar os coentros picados grosseiramente e apaga o lume. A acompanhar, o tubérculo mais popular, cozido com pele [que retiras depois da cozedura], temperado de azeite virgem extra e oregãos secos. Acompanhante de luxo: Marquês de Borba branco, gelado.

 

Açorda à Bela d’ Alentejana

29 Fevereiro, 2012 § 0 comentários

Cá em casa é assim!!! Quando não há pão faz-se Açorda. Num tarrinho de barro esmagas o belo sal grosso, o belo azeite virgem extra, os belos dentes de alho, umas belas tiras de pimento verde, uma bela gema de ovo, abundantes e belos coentros, uma manita de belos poejos frescos. Corta o belo pão caseiro alentejano de anteontem, em belas fatias pequenas mas moderadamente grossas. Cozes a bela posta do bacalhau. Cozido o bacalhau, tira-lhe umas belas lascas. Na água da cozedura, ainda a ferver junta uma esguinchadela de vinagre. É hora de escalfar os ovos. Retira os ovos e verte a água a ferver para dentro do tarrinho. Esgravulha o caldo com uma colher e aventa com as sopas de pão lá para dentro, as lascas do bacalhau e os ovos. Acompanhante de luxo: EA colheita seleccionada Tinto.

Bruschetta de smoked salmon + Bruschetta de arenque sueco = amor louco

2 Novembro, 2011 § 0 comentários

Para a Bruschetta de smoked salmon: o pão alentejano torrado faz de cama; azeite virgem extra; o agrião d’água faz de colchão, de lençol o salmão fumado com ervas aromáticas, rega-se tudo com sumo de lima espremido na hora.

Para a Bruschetta de arenque sueco: pão alentejano torrado; azeite virgem extra; chucha os tomates cherry, desmaia o arenque sueco sobre os tomates, compõe com cebolinhas baby envinagradas, umas bolinhas de mostarda e uns coentros picadinhos. Remata com um pouco de flor de sal e sumo de lima espremido na hora.

Para o amor louco: Marquês de Borba, tinto.

MixSalad com tomates esmagados e nozes

5 Outubro, 2011 § 0 comentários

Alfaces variadas e rúcula, descaca-me as nozes, depois de receberem um calorzinho, esmaga-me os tomates de encontro às bordas da frigideira besuntada de azeite virgem sal e ervas provençais, emprata a salada, tempera com sumo de uma lima e os sucos provenientes dos tomates ainda na frigideira, um fio de azeite, flor de sal e coentros, voilá.