Borracho Bravo corado e a sua canja

3 Outubro, 2015 § Comentários fechados em Borracho Bravo corado e a sua canja

Em agosto abriu a caça à rola e ao pombo, o que hoje aqui vos trago é um borrachinho bravo. Foi caçado no Azinhal – Alcoutim e fornecido, já sem fato, pelo progenitor do Chef.
Na pressão cozes o pombinho durante 25 minutos num caldo (água) enriquecido com sal, cenoura, cebola, rodelas de chouriço [de porco preto], uma folha de louro, 3 dentes de alho, um raminho de hortelã e um fio de azeite virgem.
Cozido o borracho, retira-o do banho e deixa-o repousar, ao caldo junta umas massas pevide que deixas inchar ao lume durante 10 minutos aproximadamente. Canja feita!
Agora vamos fazer corar os peitinhos e as costas do pombo, numa frigideira em azeite virgem, muitos dentes de alho roxo esmurrados com casca e uma noz de manteiga. Voilà! Uma delícia para celebrar o outono.
Acompanhante de luxo: Monte da Pesseguina tinto

DSC_3273DSC_3266DSC_3282

Tomates assados com chouricinho

20 Setembro, 2013 § Comentários fechados em Tomates assados com chouricinho

Tenho os Tomates e o Chouriço assado. No carvão. É Só!!
Acompanhante de luxo: Fita preta Tinto.

tomates assados com chouriço_0001 copytomates assados com chouriço_0005 copytomates assados com chouriço_0008 copy

Wok de Perúa Leguminosa

12 Outubro, 2012 § 0 comentários

Pedes ao boucher que te corte uns bifes de perú bem finos. Sobre a tua tábua corta-os em finas tiras. Tempera-os com um petit peu de flor de sal, pimentas moídas no momento e um fio de azeite virgem. Besunta-os bem. Podes agora preparar os legumes em cima da tábua.
Corta-me a cebola bem fina, até te virem as lágrimas aos olhos, lamina a cenoura em juliana, pimento verde em palitos, a malagueta vermelha comprida sem sementes às tiras, corta-me o chouriçinho de porco preto em meias luas, lava-me as espinacas e põe de parte. Numa taça junta molho de soja com um pouco de vinagre de arroz e sementes de sésamo. Tens a tábua pronta para confecionar o repasto. Aquece bem o Wok com um pouco de óleo de girassol, arremessa para dentro do wok o perú e deixa-o ganhar bronze sempre mexendo. Crostadas as carnes adita os legumes pela ordem do corte com excepção dos espinafres. Sempre a mexer deixa os legumes cozinhar e junta o molho de soja que preparas-te anteriormente. Não deixes cozinhar em demasia de modo a sentires o estaladiço dos legumes e as tenras carnes nas beiças. Apaga o lume e junta os espinafres que se vão sentir murchar no calor das carnes e ganhar um verde luxuoso. Podes degustar este prato agarrando-me nos paus[inhos]. Acompanhante de luxo: Quinta do Alcube – tinto.

Chouriço em Brasa

7 Fevereiro, 2012 § 0 comentários

Para o asadouro de barro, uma boa espichadela de Álcool 90º e um cálice de medronho de Monchique. O chouriço de porco preto cortado em rodelas, sem que o corte seja desferido até ao fim. Espeta-o com ferro ou com páu. Bota em cima do porco e chega-lhe lume. Pronto o chouricinho corta o que ficou por cortar, separando as rodelas. Siga para o prato com alho picado, rabanete cortado em finas rodelas, coentros, azeite virgem extra, vinagre de vinho branco e uns gressinos integrais para acompanhar. Acompanhante de luxo: Alento – Tinto

Creme Flor terra e mar

3 Fevereiro, 2012 § 0 comentários

Esventra uma couve flor pequena,  em pequenas porções, aproveita-lhe o miolo ignora os talos, 1 batata doce média cortada em cubos, juntas 1/3 de água e 2/3 de leite meio gordo e deixas cozinhar sempre mechendo para que não venha borda fora. Flor de sal e pimenta qb.

Numa frigideira deixas bronzear até que fique crocante os cubos de chouriço de porc noir e reservas. Na mesma frigideira e nos sucos do chouriço fritas os miolos de camarão.

Com a colaboração da varinha mágica ou de um liquidificador desfaz o preparado da panela até obteres um creme aveludado.  Emprata, juntando ao creme o chouriço, os cameroun e  umas lascas que tiras ao naco de parmesão, na hora de servir. Compõe com um fio de azeite virgem extra 0,4% acidez, uns pintelhitos de salsa. Podes agora regalar-te alarvemente.  Acompanha com uma fatia fina de pão cazeiro alentejano torrado. Dá luxo ao copo com a Menina da Quinta colheita selecionada 2009, Tinto.

Spaguetti Portobello na Franga au Roquefort

2 Fevereiro, 2012 § 0 comentários

Murchas os portobellos fatiados finamente e os cubos de chouriço de porco preto  em azeite virgem extra. Soltas os peitos da franga num caldo de legumes vários, e deixa-os cozer. Cozidos os peitinhos, deves desfiá-los e juntá-los com os cogumelos e o chouriço até que fiquem bronzeados. Retoca os temperos e reserva. Coze o spaguetti garofalo em água abundante com sal cerca de 6 min. Aventas um pacote de natas de soja, sem pacote, para uma gamela virgem e junta uma boa porção de queijo Roquefort  (se gostares dele mais forte junta-lhe mais) e deixa derreter sempre mexendo. Empratar o Sparguetti  al dente, verter a molhanga soja’roquefort e por último o ménage de franga, chouriço e portobellos. Acompanhante de luxo: Romeira 2008 Tinto.

Pizza 4 fromages & chouriço porco preto

1 Outubro, 2011 § 0 comentários

Estendes a massa e picas com um garfo, pincelas o plano com molho de tomate e manjericão desfeito no almofariz, polvilhas de parmesão ralado na hora, aventas com os nacos de queijo de cabra e a ralação do queijo emental, aplicas as fatias de mozzarella de búfala, os cogumelos guilhotinados, e o chouriço de porco preto cortado na espessura de uma folha de le papier, compõe com os tomates … cereja, umas raspadelas do moinho 5 pimentas e oregãos secos em folha. Segue viagem a 190 ºC. Vem de viagem cerca de 18 min. após. Ainda a fervilhar juntas umas folhas de rúcula selvagem e enfias pró bucho. Acompanhante de luxo: Herdade S. Miguel, tinto.