Carapau do lombo, com legumes vaporizados

2 Março, 2016 § Comentários fechados em Carapau do lombo, com legumes vaporizados

Do lado de trás da banca ouve-se:
— O que é que vai ser, freguês?
e sabemos que estamos na Peixaria Centenária, que assenta praça, na Praça das flores em Lisboa. Estabelecimento comercial de bairro que reúne e organiza numa bancada, o melhor do que podes encontrar nas redes dos praticantes da Arte Xávega [d’antes], e dos pescadores de alto mar [d’agora]. É peixe grosso e peixe miúdo, é diversidade e qualidade, é à escolha do freguês.
Aqui o freguês desta vez pediu:
— Avie-me ai uns filetes de carapau que dê avondo para dois adultos e 3 bocas miúdas. Não trouxe saco.
— Não faz mal, que leva no pacote. E estes são daqueles que não pingam nem deixam odor. 
Chegado à minha banca, temperei os filetes com sal grosso, pimenta das índias e sumo de meia lima. Deixei-os marinar cerca de 10 minutos antes de os aventar para dentro duma gamela de pão ralado, de seguida passei-os por uma tigela de ovo batido e fi-los regressar à casa de partida acamando-os de novo, num manto de pão ralado. Umas pancadinhas pelo lombo para os privar do excesso de pão e toca a fritá-los numa frigideira anti aderente, rasa de óleo de girassol até ficarem loiros [ +- 1 minuto de cada lado].
Pus os palitos a umas cenouras e a umas courgettes, cozi-as no vapor apenas com um pouco de sal.
Ao montares o prato, arremessas a quantidade que te aprouver, de Parmigiano-Reggiano ralado no momento sobre os legumes ainda quentes e regas de azeite virgem extra e umas gotas do que te sobrou da [Adriana] Lima.
Acompanhante de luxo: Uma bem fresca de Casal Garcia. Grande petisco.

filetes-carapaufiletes-carapau1

Pernão de Borrega assada no forno e seus legumes

6 Outubro, 2015 § Comentários fechados em Pernão de Borrega assada no forno e seus legumes

Bem-vindos aos almoços familiares de domingo enquanto a chuva castiga a vidraça.
Temperas o pernão no sábado à noite, com o quê?
A saber: metes a mão na perna e aplica-lhe uma esfrega de sal grosso e um lubrificante de azeite virgem extra, aromatizado de 5 pimentas, pimentão doce, ervas de provence e alho em pó.
Às entre-carnes arretalhadas pelo teu talhante, aquando a preparação da perna, aditas bastantes dentes de alho [roxo nacional] esmagados, cebolas bebé cortadas pela metade, algumas folhas de louro e alecrim.
Já no domingo antes de levares essa borrega à sauna, banhas-lhe abundantemente o pernão com um bom vinho branco de uva moscatel Vale dos Barris -da Adega de Palmela.
Siga para o forno a 180ºC durante 1h45min. Deves dar algumas regadelas com seus sucos durante a assadura.

A abóbora manteiga, as cebolas bebé, a courgette, a batata doce, a batata branca e as cenouras  são cortadas em pequenos sólidos geométricos, colocados num pirex e temperados com um bom sal marinho, moinho 5 pimentas, ervas de provence, azeite virgem extra e um copo de vale dos barris branco.
Ao forno 1h20m ocupando o andar de baixo da vizinha perna.
O almoço está servido! Além da familia, acompanhante de luxo: Monte dos Amigos – Select – Tinto

DSC_3336DSC_3323

Borracho Bravo corado e a sua canja

3 Outubro, 2015 § Comentários fechados em Borracho Bravo corado e a sua canja

Em agosto abriu a caça à rola e ao pombo, o que hoje aqui vos trago é um borrachinho bravo. Foi caçado no Azinhal – Alcoutim e fornecido, já sem fato, pelo progenitor do Chef.
Na pressão cozes o pombinho durante 25 minutos num caldo (água) enriquecido com sal, cenoura, cebola, rodelas de chouriço [de porco preto], uma folha de louro, 3 dentes de alho, um raminho de hortelã e um fio de azeite virgem.
Cozido o borracho, retira-o do banho e deixa-o repousar, ao caldo junta umas massas pevide que deixas inchar ao lume durante 10 minutos aproximadamente. Canja feita!
Agora vamos fazer corar os peitinhos e as costas do pombo, numa frigideira em azeite virgem, muitos dentes de alho roxo esmurrados com casca e uma noz de manteiga. Voilà! Uma delícia para celebrar o outono.
Acompanhante de luxo: Monte da Pesseguina tinto

DSC_3273DSC_3266DSC_3282

Ovas frescas de pescada grillé com seus legumes ao vapor

20 Junho, 2013 § Comentários fechados em Ovas frescas de pescada grillé com seus legumes ao vapor

Um par delas? És fresca és! Quando a sentiu ovada, enfiou-lhe a mão e capturou-as das entranhas. Se cá[vier] repastar, nada de galdérias comidas do gelo.
O tempero sal grosso umas gotas de lima e alho em pó. Numa Chapa bem quente besuntada de azeite virgem extra vais grelhar o petisco.
Numa panela à parte cozinhas os legumes a todo o vapor, a saber cenoura, broccoli e se te aprouver uma batata. Salta da chapa para o prato, compõe com o segredo para o sucesso: alho roxo picadinho, coentros frescos picados, uma quantidade generosa [não tenhas receio que não se afogam] de azeite virgem extra Herdade do Esporão e um petit peu de vinagre de vinho branco.
Acompanhante de luxo: EA branco geladinho. Até te ‘lembes’
ovas2ovas-3ovas-1

Lombo de salmão encalmado com legumes suados

2 Novembro, 2012 § 0 comentários

Tempera os belos dos lombos de salmão num tabuleiro de forno [com a pele virada para baixo], com fio de azeite virgem extra, grosso sal, 5 pimentas esmurradas no momento, cebolinho, sementes de sésamo negras e sumo de uma lima. Deixa marinar cerca de 1/2 hora. Antes de espetares com ele na sauna coloca umas nozes de manteiga de alho sobre os lombos.
Podes suar agora os legumes no vapor de H2O, apenas temperados com flor de sal. Retira-os do quentinho antes da sua cor se esvair e rega-os com fio de azeite virgem extra 0,4º acidez max..
Acompanhante de luxo: EA Branco bem fresquinho.

 

Franga assada no Churrasco com Saladini multicor

15 Outubro, 2012 § 0 comentários

Besuntas a franga de uma bela pasta que preparaste com azeite virgem extra, alhos, sal grosso, colorau, piri-piri em pó e sumo de meia lima. Deixa-o repousar cerca de umas 3 horas antes do aventares para cima da grelha e fazeres o servicinho [assar a franga]. Franga quase assada, podes começar a prepara a salada. Laminas tudo bem fino, a saber: repolho olho de boi, que vais escaldar já em juliana dentro de uma tigela na qual vais verter águas ferventes (deixa-o de molho cerca de 2 minutos e escorre), cenoura, cebola, beterraba (previamente cozida com sal grosso), cogumelos paris, malagueta vermelha sem sementes [para os menos corajosos]. Prepara um vinagrette para temperar a saladini com uma colher de mel, mostarda, azeite virgem extra e sumo de uma lima. Acompanhante de luxo: Super Bock Stout – preta fresca.

Wok de Perúa Leguminosa

12 Outubro, 2012 § 0 comentários

Pedes ao boucher que te corte uns bifes de perú bem finos. Sobre a tua tábua corta-os em finas tiras. Tempera-os com um petit peu de flor de sal, pimentas moídas no momento e um fio de azeite virgem. Besunta-os bem. Podes agora preparar os legumes em cima da tábua.
Corta-me a cebola bem fina, até te virem as lágrimas aos olhos, lamina a cenoura em juliana, pimento verde em palitos, a malagueta vermelha comprida sem sementes às tiras, corta-me o chouriçinho de porco preto em meias luas, lava-me as espinacas e põe de parte. Numa taça junta molho de soja com um pouco de vinagre de arroz e sementes de sésamo. Tens a tábua pronta para confecionar o repasto. Aquece bem o Wok com um pouco de óleo de girassol, arremessa para dentro do wok o perú e deixa-o ganhar bronze sempre mexendo. Crostadas as carnes adita os legumes pela ordem do corte com excepção dos espinafres. Sempre a mexer deixa os legumes cozinhar e junta o molho de soja que preparas-te anteriormente. Não deixes cozinhar em demasia de modo a sentires o estaladiço dos legumes e as tenras carnes nas beiças. Apaga o lume e junta os espinafres que se vão sentir murchar no calor das carnes e ganhar um verde luxuoso. Podes degustar este prato agarrando-me nos paus[inhos]. Acompanhante de luxo: Quinta do Alcube – tinto.

Chuleta de borreguinha melimada, com leguminosas assadas

7 Outubro, 2012 § 0 comentários

Tempera umas boas chuletas de borreguinha com: flor de sal, azeite virgem extra, 5 pimentas amassadas na hora. Numa anti aderente bem quente, sela as chuletas de um lado e do outro sem as deixar passar em demasia. Retira as carnes soculentas e coloca-as num tabuleiro de ir ao forno. Rega as carnes com azeite virgem extra sem preocupação. Esmaga umas cabeças de alho e adita-las ainda com casca, junta um raminho de cheiros frescos a saber: alecrim, tomilho e oregãos e por fim rega tudo com a molhanga que preparaste previamente [1 colher de sopa de mel de rosmaninho e sumo de meia lima]. Leva ao forno a 180º C.
Noutro tabuleiro prepara o leito de legumes que te aprouver (cenoura, tomate cherry, nabo, cebola, alho françiú, tomate coração, courgette), apenas com sal grosso, azeite virgem em abundância e ervas de provence secas. Coloca no degrau debaixo da sauna ao mesmo tempo que a carne fraqueija.
Acompanhante de luxo: Monte da Pesseguina – Tinto

Bruschetta de Bacalhau com Granada

22 Junho, 2012 § 0 comentários

Põe o bacalhau de molho e no dia seguinte, coze os lombos e priva-os de pelangas e espinhangas. Agora que já tiraste umas lascas, coloca-as numa gamela e fá-las repousar no [frederico], um pouco antes de montares a bruschetta. Põe um ovo a cozer em água fria, 8 minutos depois da ebulição apaga o fogo. Coze o grão [depois da demolha que foi feita em água e sal], o feijão verde e a cenoura com uma pitada de sal, reserva numa taça e leva ao  [frederico]. Bacalhau e legumes frescos podes te preparar para empratar. Torra uma fatia de pão alentejano e ainda quente aplica-lhe um esfregaço de alho, de seguida lubrifica abundantemente com azeite virgem extra, dispõe umas folhas de rúcula sobre as costas bronzeadas, na cama de rúcula os legumes, sobre os legumes as lascas do bacalhau e as rodelas de ovo cozido. Rega tudo com azeite virgem extra, 5 pimentas moídas no momento e com a garrafa de vinagre na mão utiliza a técnica do ‘dripping’ para dar o toque ácido  ao prato. Compõe com ervas frescas. Coentros e manjericão. Acompanhante de luxo: o Casal Garcia bem gelado.

Lasagne Vegetariana

21 Junho, 2012 § 0 comentários

Para te facilitar a vida podes comprar umas placas de lasanha de massa fresca.
Para o Bechámel: uma noz de manteiga derretida por ti, farinha fina, pitada de sal, leite meio gordo, pimenta moída, tudo muito bem esgravulhado até obteres um molho cremoso, sucolento e gostoso.
Num tacho, murcha-me o alho francês em azeite virgem extra, chucha, os tomates em cubos, um boa colherada de polpa de tomate, courgette em pequenos cubos, cenoura em finas tiras, um pequeno cálice de um grande vinho branco, sal e ervas de provence secas. Deixa cozinhar em lume brando, uma vez cozinhados os legumes, apaga o fogo, adita os espinafres baby que vão cozinhar no leito quente dos parentes e uma mão cheia de miolo de noz. Podes montar a lasanha. Um pouco de béchamel no fundo do pirex, uma folha de lasanha de massa fresca na base, cobre a massa com os legumes e adita un petit peu de molho béchamel sobre estes, repete a operação até terminar o recheio sendo que a camada de cima deverá ser massa. Cobre a massa de topo com o béchamel e umas lascas de queijo manchego. Siga prá sauna pré-aquecida a 180º C cerca de 1/2 hora aproximadamente. Saladinha de alfaces variadas e rúcula temperada com, flor de sal, azeite virgem extra e vinagre balsâmico de modena, para te refrescar o palato. Acompanhante de luxo: Moiras – Alentejo – Syrah/Trincadeira