Queijada de requeijão com gelato de frutos vermelhos

1 Janeiro, 2014 § Comentários fechados em Queijada de requeijão com gelato de frutos vermelhos

O Chef promulgou a entrada no ano novo com umas queijadas de requeijão com gelato de frutos vermelhos para te adoçar os grandes lábios.
Bates as claras em castelo de 4 ovos com uma pitada de flor de sal, as gemas sentem-se reservadas numa taça. Numa gamela de bordas generosas, desfaz um requeijão de Azeitão e adita-lhe 50 gramitas de margarina já derretida, 150g de açúcar e 200ml de natas que levas no pacote até à vasilha. Desfaz o preparado num ‘Darth Vader’ de cozinha até obteres uma massa homogénea. Junta agora 65 gramas de amêndoa sem casca triturada em pó, envolve bem. Adita as claras em castelo e fá-las fundir no fluido doce, solto e gostoso. Unta-me as formas com manteiga e polvilha-me a superfície com farinha. Verte o produto do teu esforço nas formas e leva-as à sauna a 180º C até ficarem coradinhas.

Para o gelato, congela em sacos para cubos de gelo, 700 ml de leite no dia anterior. No R2-D2 de cozinha adita 150 de açúcar em pó, 500gr de frutos vermelhos (frescos ou congelados), o leite sólido, um pacote de natas bem frio. Põe o robot a fazer o servicinho, até obteres uma mistura homogénea e sem grumos.

Faz desmaiar uma parcela do gelato de frutos vermelhos sobre o bolo ainda morno e com uma colher de sobremesa, aprecia em pequenas porções o resultado de um ‘leva-me-ao-céu’.
Acompanhante de luxo: cálice de Moscatel roxo Lobo Roxo (de Setúbal) fresco.

queijada-requeijãoqueijada-requeijão

Tunafish burguer com abóbora menina e frutos secos

24 Janeiro, 2013 § Comentários fechados em Tunafish burguer com abóbora menina e frutos secos

Antes de mais [e como este é o primeiro post deste ano], ditam as boas maneiras que a todos deseje um bom ano de 2013. Podem começar a amolar as facas. Eu já o fiz.
Granda lata! Abres uma lata de Atum Tenório e pica-o para uma gamela, adita uns cubos de abóbora menina que murchas-te previamente numa [frigida]eira com azeite virgem extra, uma pitada de sal e pimenta. Desfaz a abóbora com um garfo incorporando-a no atum formando uma pasta homogenea. Adita ainda tomates secos picados, humedecidos em água fervente, uns gressinos integrais desfeitos no almofariz, um ovo batido, miolo de amêndoa com casca picado e bronzeado numa antiaderente e miolo de caju também ele submetido ao mesmo tratamento da amêndoa. Pasta misturada podes moldar os tuna burguers e deixá-los repousar no frigo durante 20 minutos aproximadamente.
Tic tac 20 minutos passados vais bronzear os ditos de um lado e do outro numa [frigida]eira  antiaderente bem quente, a mesma onde antes me bronzeaste os tomates, em rodelas que vais colocar sobre petisco. Acompanha com uns brócolis cozidos ao vapor, [fio de azeite], e um naco de pão caseiro alentejano torrado e lubrificado com manteiga de alho e ervas.