Tunafish burguer com abóbora menina e frutos secos

24 Janeiro, 2013 § Comentários fechados em Tunafish burguer com abóbora menina e frutos secos

Antes de mais [e como este é o primeiro post deste ano], ditam as boas maneiras que a todos deseje um bom ano de 2013. Podem começar a amolar as facas. Eu já o fiz.
Granda lata! Abres uma lata de Atum Tenório e pica-o para uma gamela, adita uns cubos de abóbora menina que murchas-te previamente numa [frigida]eira com azeite virgem extra, uma pitada de sal e pimenta. Desfaz a abóbora com um garfo incorporando-a no atum formando uma pasta homogenea. Adita ainda tomates secos picados, humedecidos em água fervente, uns gressinos integrais desfeitos no almofariz, um ovo batido, miolo de amêndoa com casca picado e bronzeado numa antiaderente e miolo de caju também ele submetido ao mesmo tratamento da amêndoa. Pasta misturada podes moldar os tuna burguers e deixá-los repousar no frigo durante 20 minutos aproximadamente.
Tic tac 20 minutos passados vais bronzear os ditos de um lado e do outro numa [frigida]eira  antiaderente bem quente, a mesma onde antes me bronzeaste os tomates, em rodelas que vais colocar sobre petisco. Acompanha com uns brócolis cozidos ao vapor, [fio de azeite], e um naco de pão caseiro alentejano torrado e lubrificado com manteiga de alho e ervas.

Risotto de abóbora menina com os tomates encharcados

8 Novembro, 2012 § 0 comentários

Preparas um belo caldo de legumes com os legumes que te aprouver, que podem ser entre outros: alho francês, cebola, cenoura, aipo, coentros, hortelã …[reserva]. Caldo pronto e ainda fervente, verte um pouco para uma taça onde vais encharcar os tomates desidratados do Sr. Garofalo. Deixa-os agora repousar.
Numa anti aderente, vais desmaiar num fio de azeite virgem um pouco de cebola roxa picada, os cogumelos tipo paris cortados em laminas, a abóbora menina cortada em cubos, o sal grosso e ervas de provence de companhia. Deixa apurar.
Num tacho de bordas largas, murchas a cebolinha roxa bem picada num belo fio de azeite virgem extra, aditas o arroz arbóreo próprio para risotto, quando o arroz ganhar luz envolvido com a cebola, juntas uma ‘copaza’ de vinho branco do bom, o arroz vai abrir e quando o vinho evaporar podes começar a aditar o caldo aos poucos, até cobrir o arroz. O caldo vai evaporando e tu vais adicionando mais até que o arroz se sinta cozido. Arroz praticamente cozido é hora de verteres o conteúdo da antiaderente para dentro do tacho e resgatares os tomates amolecidos da taça, que vais aventar para dentro do tacho. Sempre mexendo juntas 2 pacotinhos [de couver] de manteiga d’alho e uma taça de queijo parmesão ralado no momento. Podes agora finalizar em grande com o manjericão fresco picado ali. Serve de imediato. Acompanhante de luxo: Cartuxa tinto. Até te ‘lembes’

Bruschetta de abóbora amantizada com seus queijos

16 Outubro, 2012 § 0 comentários

Pegas num pandeiro Alentejano e cortas-lhe uma boa fatia e põe-na a torrar. A abóbora é cortada em pequenos rectângulos de espessura média, que vai amaciar em azeite virgem extra, ervas de provence e flor de sal. Panito torrado aplica-lhe com um esfregaço de um dente de alho, cortado pela metade, ainda em quente. Rega agora o pandeiro com o lubrificante que subjou da gamela onde amaciaste a abóbora. Corta em fatias o queijo fresco de cabrona e acama-o no pão, sobre o queijo compões graciosamente os cubos de abóbora. Podes agora completar com umas folhas [ten’talo] de agrião, umas lascas de parmesão, 5 pimentas moídas no momento sobre o petisco e tudo rega com um fio de azeite virgem extra. Acompanhante de luxo: Vinha das Servas – tinto.

Carnes Entaladas em Rolinho de massa folhada

8 Maio, 2012 § 0 comentários

Vais ao talho da tua aldeia e pedes que te piquem um belo bife da vazia e um lombinho de porco. Envolves as carnes num ménage e tempera-as com flor de sal e pimenta. Na 1 2 3, junta abóbora menina, mini gressinos integrais, coentros, fio de azeite virgem extra, sumo de meia lima. Vrchhhh…Vrchhhh…Vrchhhh. Junta o preparado às carnes macias e envolve-as muito bem.  Numa tábua estende a placa de massa folhada com a ajuda de um pouco de farinha eum rolo. Massa estendida, faz os rolos de carne e coloca-os sobre a borda da massa. Podes agora entalar as carnes. Enrola o charuto, para colar a mortalha usa gema de ovo, a mesma que vais untar os rolos. Após esta operação polvilha os rolinhos com sementes de sésamo e leva ao forno pré- aquecido a 200º C. Numa gamela anti aderente prepara uma bela molhanga de tomate. Murcha-me os tomates cherry em azeite virgem extra, alhos esmurrados, ervas de provence, flor de sal e um pouco de polpa de tomate. Molho apurado junta coentros e manjericão frescos picados. Tira os rolos do forno e corta-os na diagonal. Deglutir sem usar talheres. Podes acompanhar com uns triângulos de milho picante old el paso.  Acompanhante de luxo: Vale dos Barris Syrah.

Almofadas de Grão de Bico com Espinafres, Abóbora e Tomates secos

30 Março, 2012 § 2 comentários

Pões o grão de bico de molho com sal, de um dia para o outro. Cozes o grão na pressão durante 30 minutos. Escorre o grão e [reserva]. Numa anti esturro, murchas a cebola picada no azeite virgem extra e junta a abóbora cortada em nacos finos, polvilhas com ervas de provence e sal grosso. Cozinhada a abóbora [reserva], murcha os espinafres na mesma gamela com um pouco de azeite e alho em pó [reserva]. Numa picadora, junta o grão de bico, a abóbora, o tomate seco e os coentros frescos. Brrrrchhhhhhhhhh…1, Brrrrchhhhhhhhhh…2, Brrrrchhhhhhhhhh…3, já está. Reserva a mistura numa taça. Parte um ovo e bate-o bem. Num almofariz desfaz uns gressinos integrais com vigor e estás pronto(a) para fazer as almofadas. Na mão coloca um pouco da mistura, adiciona alguns espinafres, molda a almofada passa-a pelos gressinos “almofarizados” e pelo ovo batido, siga para a frigideira já emulsionada de azeite virgem. Vchhh do lado A / Vchhh do lado B. Acompanha com uma “saladini de agrioni com alfatchi”. Acompanhante de luxo: Super bock STOUT, fresquinha.

Lasanha de Grelo[s]

20 Dezembro, 2011 § 0 comentários

Para o recheio de legumes, coze o[s] grelo[s] previamente bem lavado[s], em água aromatizada de cebola ou alho francês. Salteia numa frigideira, em azeite virgem extra e um pouco de polpa de tomate aromatizada de Basílico, 2 dentes de alho picados, a chalota, os espargos, cogumelos frescos, abóbora, o[s] grelo[s]. Quando apagares o lume junta-lhe os espinafres baby, que vão cozinhar no preparado ainda quente, queijo parmesão ralado no momento e uns miolos de noz. Vais montar a lasanha, em camadas. Prepara o molho béchamel, com leite meio gordo Vigor, farinha fina, manteiga e nóz moscada. Aventas as folhas de lasanha de massa fresca, até cobrir o fundo do pirex besuntado de manteiga, coloca uma camada de legumes, cobre de bechámel. Faz este processo até teres molho. Na camada superior coloca alguns tomates cereja cortados pela metade, (+) queijo parmesão ralado na hora e uns oregãos secos. Acompanha com salada de alfaces variadas. Acompanhante de luxo: Syrah da adega Cortes de Cima.

 

Lombinho de perú com legumes assados

14 Novembro, 2011 § 0 comentários

Traça os legumes, nomeadamente, abóbora menina, chuchu, tomate cereja, cebola, cenoura. Num pirex dispõe os legumes e chega-lhe tempero de sal grosso, azeite virgem extra abundante, ervas de provence, coentros. Forno com eles a 190ºC. Marca os lombinhos previamente temperados de azeite, sal, limão e ervas de provence. Acompanhante de luxo: EA colheita seleccionada; Tinto.

Tarte vegetariana

10 Novembro, 2011 § 0 comentários

Prepara o recheio com azeite na base da frigideira, os espargos inteiros a tostar, retira os espargos e aventa os cogumelos laminados até que se sintam murchos (reserva alguns tortulhos em crú para compor o topo), depois a cebola, courgette, abóbora aos cubos, espinafres, cenoura aos cubos muito pequenos. Corta os espargos em bocados pequenos e arremessa lá para dentro. deixa tudo cozinhar no lume mais brando. No entretanto, vai partindo nozes. Estende a massa folhada noma forma de tarte e pica com um garfo. Depois do preparado cozinhado retifica o tempero de sal e pimenta, junta um pacote de nata do dia fresca, daquela que dá uma Longa Vida e deixa espessar e adiciona as nozes. A molhanga está pronta, verte-a sobre a massa, cobre o topo com tomate cereja e alguns cogumelos crús que reservaste anteriormente. Siga para o forno previamente aquecido a 180º C. Espera cerca de 35 a 40 minutos, só depois disso poderás almoçar, lanchar ou jantar. Antes de começares a restolhar, coloca alguma rúcula selvagem no topo da tarte. Acompanhante de luxo: Syrah Vale dos Barris Tinto. Feito para o pic-nic do 38 aniversário do amigo suninho. Até te lambes…