Patê Stº. António e sua Stª. Sardinha

13 Junho, 2012 § 0 comentários

Em véspera de Stº António não podia fugir à sardinha, mas desta vez, esgravulhada em modo Patê. Compras uma lata de filetes de sardine sem espinhas mergulhados em azeite virgem e saca-lhe a tampa. Escorre o oiro líquido mas não na totalidade. Numa tigela esgravulha os filetes com a ajuda de um garfo aditando os seguintes: uma colher de chá de manteiga de vaca com sal, uma colher de chá de mostarda dijón, uma barra de delícias do mar picada em cubos muito pequenos e finos. Já sem roupa mas com cabeça, frita em azeite virgem extra, flor de sal, umas gotas de picante calvé, alhos esmagados com casca e sumo de meia lima, uns camarões moçambicanos. Bora empratar [mas primeiro], chucha os tomates, cortados em rodelas com 0,5 cm de espessura aproximadamente. Sobre os tomates, pimento verde picadinho, flor de sal, o patê de sardinha, cebolinho picado, os camarões laminados ainda quentes [não te esqueças de chupar as cabecinhas que não foram chamadas à receita], termina com a flor dos coentros espigados on top. Rega-me os tomates com fio de azeite virgem extra e papa o petisco acompanhado de umas fatias de pão caseiro alentejano torrado . Acompanhante de luxo: EA, branco bem geladinho.

Tagged , , , , , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.