Lombinho suado com suas batatas bringidas e coradas

11 Junho, 2013 Comentários fechados em Lombinho suado com suas batatas bringidas e coradas

Pedes ao teu Butcher, que te avie [n]o lombinho, já privado de gordas peles. Já em casa delicadamente com uma faca bem amolada, desenhas os pequenos bifes de uma só golpada sem que a mão te trema. Depois de me passares a mão pelo lombo[inho], tempera-me as carnes com alho roxo picado, azeite virgem extra, grosso sal, sumo de meia lima, uma folha de loura e meio copito de vinho branco do bom  (Vale dos Barris de uva moscatel – Adega de Palmela) . Deixa-os Marina[r], pelo menos por 15 minutos, vá lá!
Numa frigida[eira] anti aderente bem quente, deixas desmaiar uma colher de sopa de banha de porco acompanhada de um fio de azeite virgem extra e uma malagueta esbardalhada, Antes de aventar com a proteína lá para dentro. Após, abafa a frigida[eira] com uma tampa e deixa o teu lombinho suar, uns minutos passados, retira a tampa e deixa enxugar a aguadilha até começares a ouvir Vrrchhhhhhhhhhhh, agora deixa as carnes bronzear e ganhar tesura.
Em rodelas,  já as puseste os tubérculos a bringir antes de os deixar corar, em azeite virgem extra, alho em pó e 5 pimentas moídas na hora. Batatas coradas esfrega o pau de oregãos sobre estas, directamente no prato.
Prontos os lombinhos, prontas as batatinhas podes arretalhar uma belíssima fatia de panito caseiro para acompanhar o repasto.
Acompanhante de luxo: O que subejou do Vale dos Barris de uva moscatel – Adega de Palmela
DSC_2052 copyDSC_2049 copyDSC_2046 copyDSC_2061 copy

Tagged ,

Comments are closed.