Açorda à Bela d’ Alentejana

29 Fevereiro, 2012 § 0 comentários

Cá em casa é assim!!! Quando não há pão faz-se Açorda. Num tarrinho de barro esmagas o belo sal grosso, o belo azeite virgem extra, os belos dentes de alho, umas belas tiras de pimento verde, uma bela gema de ovo, abundantes e belos coentros, uma manita de belos poejos frescos. Corta o belo pão caseiro alentejano de anteontem, em belas fatias pequenas mas moderadamente grossas. Cozes a bela posta do bacalhau. Cozido o bacalhau, tira-lhe umas belas lascas. Na água da cozedura, ainda a ferver junta uma esguinchadela de vinagre. É hora de escalfar os ovos. Retira os ovos e verte a água a ferver para dentro do tarrinho. Esgravulha o caldo com uma colher e aventa com as sopas de pão lá para dentro, as lascas do bacalhau e os ovos. Acompanhante de luxo: EA colheita seleccionada Tinto.

Tagged , , , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.